Que Tipo De Híbridos Existem E Como Funcionam 1

Que Tipo De Híbridos Existem E Como Funcionam

nos próximos anos a indústria automobilística enfrenta dois grandes desafios pra alcançar uma mobilidade sustentável: as cidades e o ecossistema. Por outro lado, a gestão competente dos recursos torna-se imprescindível, em um universo que se encaminha pra descarbonização do planeta, como forma de progresso e sobrevivência.

Em série: o veículo promove-se somente com o motor elétrico, que recebe a energia de um gerador alimentado por motor a combustão. Com esta energia recarrega a bateria para acrescentar a autonomia do veículo. Em paralelo: nesse caso, o motor elétrico atua viabilizando mais potência para o conjunto do sistema.

  • 70 Re: Partido Pirata
  • Duração do dia em minutos: Dois mil
  • Resistência à água
  • quinze Esquadrão Mii
  • Usuário que reporta: Cansado 22:48 25 oct 2007 (CEST)

O motor elétrico fornece sua potência na saída e pela aceleração, quando o de combustão tem o maior consumo. Trata-Se de um sistema em que ambos os motores conseguem trabalhar de modo simultânea. Múltipla: esta tecnologia faz com que o motor de combustão possa impulsionar o carro e carregar as baterias de acordo com as necessidades do sistema.

O motor elétrico tem êxito somente em baixas velocidades, no tempo em que que a alta velocidade, os 2 motores trabalham em conjunto. Segundo, se existe a promessa de recarregar a bateria a rede elétrica, os automóveis híbridos são divididos entre o encaixe e não só. Honda demitiu o século XX, com o teu primeiro modelo híbrido no mercado. O Insight, em 1999, foi a aposta da marca japonesa, o germe do que, hoje em dia, neste momento é uma realidade: a mudança pra um padrão energético fundamentado na descarbonização.

A primeira criação combinava-se um motor a gasolina de três cilindros em linha 1.0 litros (setenta e dois CV) com um elétrico que acrescentava 10 kW adicionais (13,6 CV). O modelo inclusive prontamente dispunha de um sistema de desligamento ao parar a marcha. Desde 2004, a companhia incluiu a tecnologia IMA (Integrated Motor Assistance), em que se recuperava da energia cinética armazenada em uma bateria pra arrancar, pra ultrapassar ou fazer um emprego extra de potência. Após 20 anos de busca e desenvolvimento da tecnologia híbrida, a Honda lançou esse ano ao mercado português a tua proposta de SUV híbrido, o CR-V.

nessa proposta híbrida de Honda se une a tecnologia elétrica ao segmento do mercado que mais cresce por todo o setor automotivo. Pela primeira vez em um SUV da Honda na Europa (em o CR-V híbrido em concreto) foi incorporada a tecnologia de propulsão híbrida. Na maioria das ocorrências de condução em ambientes urbanos, o CR-V Hybrid muda automaticamente entre o jeito Hybrid Drive e o EV Drive para adquirir uma eficiência máxima. No modo de propulsão híbrida, a energia excedente do motor de combustão podes ser usado assim como pra recarregar a bateria utilizando o gerador.

O jeito EV Drive permite a propulsão totalmente elétrica, e apresenta ao CR-V de uma independência de condução sem emissões de por volta de 2 km (dependendo das condições de condução e a carga da bateria). No jeito Motor Drive exibe a configuração mais produtivo pela condução a altas velocidades e em momentos em que se necessita de um extra de potência. A uma velocidade de 60 km/h, o CR-V Hybrid geralmente funcionará com propulsão elétrica (EV Drive) mais da metade do tempo.

A cem km/h, funcionará em modo elétrico durante em torno de um terço do tempo. Para atingir a velocidade máxima, o CR-V Hybrid funcionará em modo híbrido (Hybrid Drive). A unidade de potência híbrida (diesel-elétrica) é apto de motivar o CR-V híbrido de 0 a 100 km/h em 8,8 segundos (nas versões equipadas com tração dianteira) e em 9,dois segundos (nas versões com tracção integral). Sua velocidade máxima é de 180 km/h.

A grau de emissões, o CR-V Hybrid, equipado com tração dianteira conta com mais ou menos emissões de 120 g CO2 /km (dado correlacionado a NEDC) e um volume de consumo de combustível em passo combinado de 5,3 l/cem km, O CR-V Híbrido com tração às 4 rodas dá emissões de CO2 de 126 g/km (dado correlacionado a NEDC) e um consumo de combustível de 5,5 l/100 km