Ao Término Desse Contacto Telefónico 1

Ao Término Desse Contacto Telefónico

Finalmente, não haverá amanhã reunião entre o presidente do Governo em funções, Pedro Sánchez, e a presidente do Congresso dos Deputados, Meritxell Batet. Mas sim, você saberá a data da investidura. Formalmente é a presidente da Câmara Baixa, que precisa publicar a data após consultar o candidato pra investidura. Sánchez transmite amanhã a Batet no momento em que quer submeter-se ao debate e votação do Congresso. Mas essa intercomunicação será estrada telefone e não presencial, de acordo com confirmavam tal referências socialistas, como a presidência do Congresso.

O termo deste contacto telefónico, Batet informa os grupos parlamentares e, logo após, terá de comparecer perante a imprensa. O fundamento da reunião, enfim, não pode ter ambiente é que Sanchez precisará permanecer em Bruxelas. Amanhã voltam a juntar-se os países-participantes da UE para tentar desbloquear o elenco de cargos institucionais.

  • GTP.- Guanajuato Tecno Parque da Universidade de Guanajuato
  • Baca Silva, Gabriel (2013): Avaliação de projetos, sétima edição. McGraw-Hill, México
  • 21Hughe: O “mazazazo” de Homs: anuncia denúncia contra o ministro do Interior
  • dois Vias de recursos
  • 4 Unidade de Protocolo Informativo
  • três Trabalho infantil

Desde o Governo garantem que, antes de um encontro, dessa maneira, a permanência de Sanchez pela capital comunitária é obrigatória. Incidem, assim como, a sua presença é “indesculpável” o que o negociador principal da família social-democrata europeia. Sem probabilidade de acordo, claro, o Governo tem preferido definir por esta rua, a questão da data, por não saber ainda se a tarde prontamente estará em Madrid.

contudo, a questão-chave do encontro, saber a data de investidura, se resolverá manhã, como estava calculado. Não quis adiar o encontro pro sábado. O que casa com a mensagem de que Sanchez quer um Governo de imediato, sem mais demora.

No momento, as duas datas mais prováveis para que comece o debate de investidura são o oito de julho, ou no dia 22 de julho. Em ambos os casos, a primeira votação seria um dia depois. Essa primeira votação é a fonte por meio da qual se põem em marcha os mecanismos constitucionais no caso de repetição eleitoral.

No primeiro caso de algumas eleições seriam no domingo, dia 27 de outubro e o Segundo no dia dez de novembro. Nos últimos dias, desde o Governo tem vindo a desprezar o dia 15 de julho pelo motivo de, em caso de bloqueio isto levaria a repetição eleitoral ao 3 de novembro, em plena ponte de todos-os-Santos.

A CNA lançou tua convocação poucos dias depois de se anexar com Puigdemont em Bruxelas para consensuar uma folha de rota compartilhada e segunda-feira legitimou seu apelo coincidindo com a publicação do relatório dos advogados do Parlament. E é que o controle do presidente deposto a respeito da agregação de independência é total desde que Jordi Sànchez abandonasse a Presidência para tornar-se a número 2 de Junts per Catalunya. Cabe relembrar que durante a campanha eleitoral, a CNA de imediato se posicionou abertamente a favor da candidatura liderada por Puigdemont, para as pessoas que pediu o voto como “único presidente regular”. A raiva de DRC e a CUP obrigou a entidade a rectificar, mas tuas preferências neste instante haviam sido descobertas.